Clássico dos anos 80, desenho Robotech pode voltar pelo Kickstarter

A “nova temporada” do desenho já foi batizada de “Robotech Academy”, e deve revisitar a história do desenho original, mas com novos personagens

Lançado lá fora no meio da década de 80 e exibido no Brasil no começo dos anos 90, o anime de robôs gigantes Robotech pode voltar à ativa depois de décadas de hiato. Tudo graças a uma campanha no Kickstarter, anunciada pela produtora Harmony Gold na sexta-feira durante a Anime Expo 2014, evento finalizado no último domingo em Los Angeles.

A “nova temporada” do desenho já foi batizada de “Robotech Academy”, e deve revisitar a história do desenho original, mas com novos personagens. Os protagonistas serão os filhos dos principais da primeira sequência de episódios, e todos estudarão no complexo educacional do título, localizado bem longe das guerras, como explica o Kotaku. No entanto, como reúne tantos futuros talentos juntos, o local acaba virando alvo de um grupo do mal chamado The Children of Zor – e é nas lutas entre os dois lados que os episódios devem focar.

Mesmo com personagens diferentes e em uma cronologia paralela à original, a série não deverá deixar de lado tudo que fãs mais saudosos já conhecem. Nomes que apareceram nas três gerações originais (no caso do Brasil) devem dar as caras, mas um pouco diferentes – mais velhos ou mesmo mais novos, já que a trama não tem tanta relação com a dos anos 80.

A campanha de “Robotech Academy” quer juntar pelo menos 500 mil dólares em doações, que serão usados para a produção de um episódio-piloto. A narrativa será baseada em anotações, ideias e até scripts do criador do desenho, Carl Macek, que faleceu em 2010, enquanto trabalhava em segredo na “ressurreição” da franquia.

A série – O anime Robotech lançado pela Harmony Gold USA em 1985 é, na verdade, uma mistura de três outros desenhos sem relação alguma entre si: “The Super Dimension Fortress Macross” (ou “Guerra das Galáxias”, como foi chamado aqui no Brasil), “Super Dimension Cavalry Southern Cross” e “Genesis Climer MOSPEADA”. Justamente por isso, a série – uma das responsáveis por difundir os desenhos japoneses nos EUA – divide opiniões: alguns reclamam de falta de originalidade, enquanto outros valorizam o trabalho de juntar um punhado de tramas sem conexão.

A história foi dividida em três gerações, cada uma focada em uma Guerra Robotech diferente, sempre contra raças alienígenas e por uma fonte de energia. Os robôs do título, capazes de se transformar (meio que como os “Transformers”), foram criados para defender a humanidade. Os eventos da primeira temporada (“The Macross Saga”) se passam entre 1999 e 2014, enquanto os da segunda (“The Masters”) ficam entre 2029 e 2030 e os da última (“The New Generation”), entre 2031 e 2044.

A cronologia dessa nova geração de Robotech Academy, como mencionado, não terá relação direta com as das três outras, mas as histórias não deixam de ser parecidas. Se a campanha for bem-sucedida (foram arrecadados 73 mil dos 500 mil dólares até agora, faltando 32 dias para o encerramento), o episódio-piloto será lançado em julho de 2015. Se quiser colaborar – há opções de 1 a 10.000 dólares, que podem colocar você no desenho – ou saber mais sobre o projeto, confira a página no Kickstarter por aqui.

https://www.kickstarter.com/projects/1381502542/robotech-academy/widget/video.html