Campeão da América, papa recebe equipe do San Lorenzo

O papa Francisco fez uma saudação à equipe do San Lorenzo, campeã da Copa Libertadores da América

Cidade do Vaticano – O papa Francisco fez uma saudação especial ao final da audiência geral desta quarta-feira (20).

Isso porque uma delegação da equipe do San Lorenzo, campeã da Copa Libertadores da América, estava entre os fieis que acompanhavam a cerimônia no Vaticano.

Falando em espanhol, o pontífice fez uma longa saudação aos jogadores e disse que o clube argentino “faz parte de minha identidade cultural”.

Após a celebração, Bergoglio recebeu a delegação e fez questão de saudar, um a um, todos os membros da equipe.

Ele também segurou o troféu inédito na história do clube e ganhou uma camisa do San Lorenzo.

Ao final, fez questão de tirar uma foto coletiva com todos os atletas.

Em dezembro do ano passado, Francisco havia recebido a delegação argentina após a equipe ter vencido o torneio Abertura do Campeonato Argentino.

Fanático pelo time, Bergoglio já virou motivo de piada entre os torcedores rivais.

Segundo a brincadeira deles, o papa já pode ser santificado porque ele já fez “dois milagres”, o que pelas regras da Igreja Católica, o habilitaria a se tornar santo.

Antes do sucessor de Bento XVI assumir o pontificado, o San Lorenzo quase foi rebaixado no campeonato de seu país.