Buenos Aires ganha ‘Torre de Babel’ feita de 30 mil livros

S&atilde;o Paulo &ndash; Uma torre espiral de 28 metros de altura e dezenas de milhares de livros foi incorporada &agrave; paisagem urbana de Buenos Aires para marcar a indica&ccedil;&atilde;o da cidade como Capital Mundial do livro de 2011 pela Unesco.</p>

Feito com obras em 48 línguas, o edifício instalado na Praça San Martin ganhou o nome de Torre de Babel. A intenção é mostrar como a ficção e a literatura são capazes de unir pessoas diferentes, explicou a idealizadora e artista plástica argentina Marta Minujin.

A torre tem sete andares e pode ser vista durante um tour guiado, no qual visitantes ouvem uma gravação com a palavra "livro" dita em vários idiomas. Após o passeio, eles recebem uma cópia do conto A biblioteca de Babel, do escritor argentino Jorge Luis Borges. Mas o prédio de palavras terá vida curta: a Torre vai ficar aberta para visitação de grupos de até 100 pessoas até amanhã, dia 28 de maio, depois será desmontada e os visitantes poderão levar os livros para casa.