Bob Dylan planeja aceitar prêmio Nobel de Literatura

"É difícil de acreditar", disse o cantor e compositor americano ao jornal britânico Daily Telegraph. "Quem poderia sonhar com algo assim?"

Bob Dylan planeja buscar o seu Nobel de Literatura em Estocolmo em dezembro, segundo uma entrevista publicada na sexta-feira, na qual finalmente rompeu seu silêncio sobre o prêmio, que qualifica como “espantoso, incrível”.

“É difícil de acreditar”, disse o cantor e compositor americano ao jornal britânico Daily Telegraph. “Quem poderia sonhar com algo assim?”.

Perguntado sobre se compareceria ao banquete que é oferecido aos laureados com o Nobel em Estocolmo no próximo 10 de dezembro, presidido pelo rei da Suécia, Carlos XVI Gustavo, Dylan respondeu: “Com certeza, se for possível”.

O artista, de 75 anos, foi premiado no último 13 de outubro, mas importantes membros da Academia sueca que concede o prêmio reclamaram uma semana depois de que ele não tinha atendido as repetidas ligações telefônicas.

Per Wastberg, escritor e membro da Academia, acusou o cantor de ser “rude e arrogante” e disse que o fato de que a Academia não soubesse se Dylan pretendia buscar o prêmio era algo “sem precedentes”.

Perguntado sobre por que não atendia as ligações da Academia, Dylan respondeu: “Bem, eu estou aqui”.

Dylan, cujas letras influenciaram gerações de fãs, é o primeiro compositor a ganhar o Nobel de Literatura.