Berlusconi vende palácio por 600 milhões de dólares

São Paulo – O primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi desistiu de manter seu palácio na Ilha da Sardenha. No final de julho deste ano, o premiê colocou a propriedade de 80 hectares à venda por 600 milhões de dólares. O motivo foi a insegurança sentida no local, desde que paparazzi fotografaram Berlusconi dando festas com jovens modelos de topless, em 2009.

A chamada Villa Certosa tem duas praias privadas, 4.000 metros de construção, lagos artificiais, boates, um teatro e seis piscinas. O terreno, adquirido na década de 80, era o lugar preferido pela família Berlusconi para passar as férias de verão e, depois que o primeiro-ministro entrou no poder, o local ganhou status de palácio do governo. Em 2006, a casa passou por uma reforma que custou 12 milhões de dólares ao governante.

Leia mais notícias de milionários

Acompanhe as notícias de Inovação no Twitter