4ª colocada nos 100m borboleta, Chen Xinyi é pega no doping

Chen deu positivo para hidroclorotiazida, um diurético, e já solicitou uma contraprova, destacou a federação de seu país

Pequim – A nadadora Chen Xinyi, da China, de 18 anos, deu positivo após o teste antidoping que foi submetida no dia 7 deste mês, após ficar na quarta colocação na final dos 100m borboleta nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, confirmou nesta sexta-feira a Associação de Natação da China.

Chen deu positivo para hidroclorotiazida, um diurético, e já solicitou uma contraprova, destacou a federação de seu país.

A jovem nadadora ficou em quarto lugar, apenas nove centésimos do bronze, em uma final vencida pela sueca Sarah Sjostrom, que bateu o recorde mundial (55s48).

A nadadora chinesa era parte do quarteto que no ano passado alcançou a medalha de ouro no revezamento 4×100 medley no Mundial de Kazan (Rússia), e em 2014 conseguiu outras três vitórias nos Jogos Asiáticos de Incheon (Coreia do Sul).

O doping Chen Xinyi foi anunciado quando ainda não se tinha encerrado a polêmica pelas acusações contra Sun Yang, o mais premiado nadador chinês, proferidas por alguns de seus rivais, como o australiano Mack Horton e o francês Camille Lacourt.

A natação chinesa costuma ser frequente alvo de acusações de consumo de substâncias proibidas, uma herança dos vários escândalos que os nadadores do país protagonizaram nos anos 1990.