“4:44” de Jay-Z finalmente entra na Billboard 200 em 1º lugar

No álbum, Jay-Z admite ter traído sua mulher Beyoncé e fala sobre o nascimento, no mês passado, de seus gêmeos

Los Angeles – O novo lançamento confessional e político de Jay-Z, “4:44”, finalmente entrou na parada semanal Billboard 200, chegando ao primeiro lugar e alcançando seu 14º lançamento número 1.

O rapper e produtor vendeu 262 mil unidades de “4:44”, de acordo com dados da Nielsen SoundScan na segunda-feira, recebendo o quarto maior total de vendas de álbuns em uma semana de 2017.

O álbum, no qual Jay-Z admite ter traído sua mulher Beyoncé e fala sobre o nascimento, no mês passado, de seus gêmeos, foi lançado em 30 de junho de maneira exclusiva por uma semana para membros de sua plataforma de streaming Tidal e clientes da operadora Sprint Corp.

Apesar de ser certificado como platinum em sua primeira semana, “4:44” estava fora da parada Billboard 200 na semana passada, pois a Tidal não havia reportado os números à Nielsen Music.

A parada Billboard 200 calcula unidades de venda de álbuns, venda de música (10 músicas equivalem a um álbum) e atividade de streaming (1.500 streams equivalem a um álbum).

Jay-Z já detém o recorde de artista solo mais bem sucedido no quadro Billboard 200. Seus 14 álbuns estreando em primeiro lugar ultrapassam números de Bruce Springsteen e Barbra Streisand, segundo a Billboard.

No entanto, apesar do elogio crítico e da publicidade para “4:44”, as vendas reportadas pela Nielsen estavam bem abaixo das estreias de 2017 do álbum “DAMN”, do rapper Kendrick Lamar, com 603 mil unidades, “More Life”, de Drake, e “Divide”, do cantor britânico Ed Sheeran.