Zona do euro define proteção de 800 bi euros, diz Áustria

Esse volume abrangeria 500 bilhões de euros em dinheiro novo através do fundo de resgate permanente, o Mecanismo Europeu de Estabilidade Financeira, o ESM

Copenhague – Os ministros das Finanças da zona do euro concordaram em ampliar a barreira de proteção monetária do bloco para um total de 800 bilhões de euros, afirmou nesta sexta-feira a ministra das Finanças da Áustria, Maria Fekter.

O volume abrangeria 500 bilhões de euros em dinheiro novo através do fundo de resgate permanente, o Mecanismo Europeu de Estabilidade Financeira (ESM, na sigla em inglês), 200 bilhões já comprometidos sob o atual Fundo Europeu de Estabilização Financeira (EFSF, na sigla em inglês), 53 bilhões de euros em empréstimos bilaterais e 49 bilhões de euros em ajuda remanescente da primeira resposta do bloco à crise (EFSM), disse Fekter a repórteres.

Outra fonte da zona do euro também afirmou que um acordo havia sido alcançado, informando os mesmos números.