Venezuela cortará produção de petróleo por acordo com Opep

A Venezuela é uma das nações mais afetadas por queda da receita bruta desde meados de 2014 e produz atualmente pouco mais de 2,4 milhões de barris

Caracas – A Venezuela anunciou nesta terça-feira que reduzirá em 95 mil barris por dia (bpd) a produção de petróleo a partir do próximo ano, cumprindo um acordo de produtores para reduzir a oferta global e fortalecer os preços.

O início oficial do pacto fechado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) com vários países rivais, para baixar a produção em quase 1,8 milhão de bpd, está marcado para 1º de janeiro.

“Sem prejuízo de suas obrigações contratuais internacionais, a partir de 1º de janeiro de 2017, a PDVSA e/ou suas controladas implementarão uma redução nos volumes de seus principais contratos de venda de petróleo, tudo de acordo com os termos e condições existentes”, disse o Ministério da Energia.

A Venezuela é uma das nações mais afetadas por queda da receita bruta desde meados de 2014 e produz atualmente pouco mais de 2,4 milhões de barris de petróleo e condensados por dia, segundo dados do ministério.