Vendas de veículos caem 16,6% em janeiro, diz o IBGE

Resultado puxou a queda de 4,9% no varejo ampliado - que inclui veículos e material de construção - no período, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio

Rio de Janeiro – A atividade de veículos e motos, partes e peças registrou um recuo de 16,6% nas vendas em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2014.

O resultado puxou a queda de 4,9% no varejo ampliado – que inclui veículos e material de construção – no período, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O segmento de material de construção também contribuiu negativamente, com redução de 2,8% nas vendas. Os demais resultados negativos foram registrados em tecidos, vestuário e calçados (-0,7%); móveis e eletrodomésticos (-3,1%); e livros, jornais, revistas e papelaria (-10,4%).

As atividades que ampliaram as vendas em janeiro ante o mesmo mês de 2014 foram: outros artigos de uso pessoal e doméstico (4,7%); equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (19,0%); artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (5,0%); combustíveis e lubrificantes (0,7%); e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,2%).