Venda de veículos importados cai 6,6% em junho ante junho de 2016

O primeiro semestre de 2017 encerrou com a venda de 13.289 unidades, registrando queda de 27% em comparação com a primeira metade de 2016

São Paulo – A venda de veículos importados no Brasil caiu 6,6% em junho deste ano ante igual mês do ano passado, com o licenciamento de 2.603 unidades, informou na manhã desta quarta-feira, 5, a Abeifa, associação que representa as empresas importadoras de veículos.

Em relação a maio, no entanto, o mercado de importados apresentou crescimento de 1,8%.

Com os resultados, o primeiro semestre de 2017 encerrou com a venda de 13.289 unidades, queda de 27% em comparação com a primeira metade de 2016.

“O comportamento das vendas, em junho e no acumulado do ano, mostra claramente que as empresas importadoras de veículos ainda permanecem em sérias dificuldades”, disse, em nota, o presidente da Abeifa, José Luiz Gandini.

Para ele, além da crise econômica, que reduziu o apetite do consumidor, o mercado de importados sofre com uma sobretaxação de 30 pontos porcentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Apesar da queda de 27% no primeiro semestre, a Abeifa revisou a sua previsão para 2017 para um número mais otimista.

Antes, esperava que o ano terminasse com a venda 25 mil unidades, projeção divulgada em janeiro. Agora, estima a venda de 27 mil unidades.

Em junho, as vendas das empresas associadas à Abeifa representaram 1,34% do mercado total de veículos no Brasil.

Em relação a todos os veículos importados, o que inclui unidades trazidas pelas montadoras com produção nacional, a participação da Abeifa foi de 12,92%.