Varejo registra movimento 1,8% menor em maio

A elevação de juros, a piora do mercado de trabalho, o aumento de tributos e a inflação alta continuarão afetando a confiança e o poder de compra do consumidor

São Paulo – O movimento do comércio varejista caiu 1,8% em maio ante abril, segundo dados sazonalmente ajustados, informou a Boa Vista SCPC, nesta segunda-feira, 22. Também foram registradas retrações na comparação com maio de 2014 (3,2%) e no acumulado no ano (1,3%). Apenas nos 12 meses encerrados em maio houve avanço, de 0,7%.

Segundo a Boa Vista, o indicador continua o processo de desaceleração de longo prazo iniciado no segundo semestre do ano passado. “Fatores macroeconômicos como elevação de juros, piora do mercado de trabalho, aumento de tributos e inflação em patamar elevado continuarão afetando de forma intensa a confiança e o poder de compra do consumidor em 2015″, diz a empresa.

Dentre os principais setores que compõem o índice, “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 5,3% entre abril e maio, descontados os efeitos sazonais. A variação acumulada em 12 meses foi de queda de 0,2%. Já a categoria “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu 1,3% na margem, mas subiu 1,4% em 12 meses.

Em “Supermercados, Alimentos e Bebidas” há altas de 0,3% e 1,5%, respectivamente. Já o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” avançou 1,9% na comparação mensal e 2,1% entre junho de 2014 e maio de 2015. Em “Outros artigos de varejo”, foi registrada queda de 6,0% na margem e retração de 4,6% na comparação interanual.