Usinas de açúcar da Índia finalizam produção por falta de cana

Operação normal das usinas vai de novembro a abril, mas a oferta de cana neste ano despencou devido a duas secas consecutivas na principal região produtora

Mumbai – Mais de duas dezenas de usinas de açúcar do principal Estado produtor da Índia, Maharashtra, já encerraram a moagem da temporada devido à falta de cana, enquanto outras diversas unidades deverão parar as atividades antes do fim de fevereiro, disse uma entidade de produtores nesta terça-feira.

As usinas de Maharashtra tipicamente operam entre novembro e abril, mas a oferta de cana neste ano despencou devido a duas secas consecutivas na região.

Das 147 usinas que começaram a operação nesta temporada, 25 encerraram as atividades até 31 de dezembro, disse a Associação Indiana das Usinas de Açúcar em um relatório.

O país produziu 8,09 milhões de toneladas de açúcar entre 1º de outubro e 31 de dezembro, alta de 0,4 por cento ante um ano antes, com a moagem tendo começado semanas antes do normal, disse a associação.

A Índia, maior consumidor global de açúcar, deverá produzir 23,4 milhões de toneladas da commodity em 2016/17, queda de 7 por cento na comparação com a temporada anterior, em função dos problemas climáticos.