Trump não critica a força do dólar, afirma secretário do Tesouro

Secretário fez a declaração depois que o presidente americano afirmou na semana passada em entrevista que o dólar estava "ficando forte demais"

Londres – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, “não está absolutamente” tentando criticar a força do dólar, afirmou o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, segundo o jornal Financial Times de quarta-feira.

Trump afirmou na semana passada em entrevista ao Wall Street Journal que o dólar estava “ficando forte demais”, e evitou classificar a China de manipulador cambial.

Mnuchin minimizou essa declaração sobre o dólar em uma entrevista publicada primeiro na segunda-feira no FT. Em uma versão mais detalhada nesta quarta-feira, ele rejeitou diretamente a ideia de que Trump estaria tentando pressionar o dólar, dizendo “absolutamente não, absolutamente não”.

Mnuchin também afirmou que a administração Trump não considera que países estejam manipulando sua moeda se fizerem isso de maneira que beneficie Washington.

“Para manipular uma moeda você tem que estar fazendo isso de forma a provocar desvantagem aos EUA”, disse ele.