Setor privado dos EUA abre 212 mil vagas em fevereiro

Os resultados de janeiro foram revisados para 250 mil, ante 213 mil vagas informadas anteriormente

Nova York – Os empregadores do setor privado dos Estados Unidos criaram 212 mil postos de trabalho no mês passado, abaixo das estimativas do mercado e também do número revisado de janeiro, segundo relatório da processadora de folhas de pagamento ADP divulgado nesta quarta-feira.

Economistas consultados pela Reuters haviam projetado que o relatório da ADP mostraria um ganho de 220 mil empregos.

A abertura de vagas em janeiro, por sua vez, foi revisada para 250 mil, ante 213 mil vagas informadas anteriormente.

O relatório é desenvolvido em conjunto com a Moody’s Analytics.

Os números da ADP são divulgados antes do relatório mais abrangente de empregos fora do setor agrícola do Departamento do Trabalho dos EUA, que será divulgado na sexta-feira e inclui empregos tanto no setor público quanto no privado.

Economistas consultados pela Reuters esperam que o total de criação de vagas nos EUA tenha alcançado 240 mil em fevereiro, uma queda ante 257 mil em janeiro.

A estimativa para a taxa de desemprego é que caia para 5,6 por cento, ante 5,7 por cento em janeiro.