Selic trouxe investimento estrangeiro em renda fixa em maio

A taxa Selic empurrou o investimento estrangeiro em renda fixa para US$ 1,069 bilhão no mês passado

Brasília – O saldo de investimento estrangeiro em títulos de renda fixa negociados no País ficou positivo em US$ 1,069 bilhão em maio e positivo em US$ 21,243 bilhões no acumulado de 2015 até o mês passado, apontam informações do Banco Central.

Em maio do ano passado, essas aplicações somavam US$ 120 milhões e, no acumulado dos primeiros cinco meses de 2014, US$ 16,877 bilhões. O saldo do ano foi de US$ 27,068 bilhões.

O aumento da procura por esses títulos teve início em junho de 2013, quando o governo zerou o Imposto sobre Operações Financeira (IOF) sobre esse tipo de aplicação.

Mais recentemente, o atual ciclo de aperto monetário aumentou o diferencial de juros entre o Brasil e o restante do mundo, tornando as aplicações brasileiras de renda fixa mais interessantes para os estrangeiros.

O investimento em títulos negociados no exterior ficou negativo em US$ 1,442 bilhão em maio e deficitário em US$ 2,252 bilhões no ano até o mês passado.