Seguros de pessoas cresceram 8,87% em novembro, diz FenaPrevi

Na divisão por produto, o seguro de vida registrou prêmios de R$ 1,067 bilhão, aumento de 6,38% em relação a novembro de 2015

São Paulo – Em novembro, os seguros de pessoas – que incluem vida, acidentes pessoais, viagem, educacional, entre outros – registraram R$ 2,70 bilhões em prêmios, uma alta nominal de 8,87% frente aos R$ 2,48 bilhões verificados no mesmo mês do ano anterior. Os dados são da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi).

“Tivemos um bom crescimento nominal em novembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, mas ainda não podemos afirmar que a recuperação se manterá ao longo do tempo. Tudo dependerá do comportamento da economia”, diz Edson Franco, presidente da FenaPrevi.

Na divisão por produto, o seguro de vida registrou prêmios de R$ 1,067 bilhão, o que corresponde a um aumento de 6,38% em relação a novembro de 2015, quando foram registrados R$ 1,003 bilhão.

Já o seguro prestamista, que cobre o pagamento de prestações do titular da apólice em caso de morte, invalidez ou perda involuntária do emprego, registrou crescimento de 7,68% e prêmios de R$ 762,35 milhões.

De acordo com o levantamento da FenaPrevi, o seguro de acidentes pessoais obteve alta de 6,59% em novembro de 2016, em relação ao mesmo mês do ano anterior, registrando R$ 429,49 milhões.

O balanço da federação mostra que o auxílio funeral registrou R$ 41,45 milhões em prêmios, representando alta de 30,63% em relação aos R$ 31,73 milhões contratados em novembro de 2015.

O seguro educacional, impulsionado pelo receio das famílias quanto à capacidade de fazer frente aos custos de educação dos filhos, teve forte expansão: 137,45% em relação a novembro de 2015, com prêmios da ordem de R$ 5,58 milhões em novembro de 2016.

Acumulado

No acumulado dos primeiros 11 meses de 2016, o valor pago pelos segurados para contratação de coberturas para seus riscos pessoais foi de R$ 27,94 bilhões, alta de 4,45%, em relação aos R$ 26,75 bilhões registrados no mesmo período do ano anterior.

Na análise por modalidade de produtos, o seguro de vida obteve expansão de 5,84% e o total de prêmios somou R$ 11,70 bilhões.

O seguro prestamista, com prêmios de R$ 6,87 bilhões, registrou recuo de 7,04% frente ao valor acumulado de janeiro a novembro de 2015, quando os segurados pagaram R$ 7,39 bilhões para contratar as coberturas do seguro.

O seguro de acidentes pessoais, por sua vez, obteve alta de 4,01% e somou R$ 4,74 bilhões, de acordo com dados do balanço da FenaPrevi.

O balanço da federação também mostra que o auxílio funeral registrou R$ 437,87 milhões em prêmios, uma alta de 22,76% em relação aos R$ 356,68 milhões contratados nos primeiros 11 meses de 2015.

Por fim, o seguro educacional teve forte expansão no período, equivalente a 81,04%, com prêmios da ordem de R$ 44,01 milhões.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alessandro Galhardi

    As pessoas estão começando a entender a necessidade de ter um seguro aqui no Brasil. Mas ainda tem muita gente que nem sabe direito o que é seguro. É preciso estimular o conhecimento e é por isso que lançamos um site com o objetivo de esclarecer as dúvidas gerais sobre seguros, o http://www.seguronumaboa.com.br.