Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Secretário-geral da Opep está otimista sobre acordo em novembro

Mohammed Barkindo também afirmou que a Rússia, que não faz parte da Opep, não irá voltar atrás em seu compromisso de contribuir com os cortes de produção

Londres – A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deve chegar a um acordo no próximo mês para limitar a produção de petróleo sem muita discórdia sobre os níveis de produção individuais de cada país, disse o secretário-geral do grupo nesta terça-feira.

Mohammed Barkindo também afirmou a jornalistas, nos bastidores de uma conferência do setor, que a Rússia, que não faz parte da Opep, não irá voltar atrás em seu compromisso de contribuir com os cortes de produção caso a Opep chegue a um acordo em sua próxima reunião, em 30 de novembro.

“Estou otimista que teremos uma decisão”, disse Barkindo, que participou de um encontro anual de grandes autoridades do setor de petróleo e executivos de empresas em Londres.

A Opep chegou a um acordo em Argel no dia 28 de setembro para reduzir a produção para uma faixa entre 32,50 milhões de barris por dia e 33 milhões de barris por dia, seu primeiro corte de produção desde 2008.

Mas o acerto deixou de lado a complicada questão de quanto cada um dos 14 membros da Opep deverá produzir, o que deverá ser discutido em um comitê de alto nível que irá se encontrar em Viena entre 28 e 29 de outubro, para o qual países não membros também foram convidados.