Russo cria moeda vinculada a batatas e se dá mal

O kolion tem seu valor vinculado a batatas e nasceu para trocas simples entre fazendeiros, mas atraiu a ira das autoridades russas, diz BBC

São Paulo – Um fazendeiro na Rússia chamado Mikhail Shlyapnikov atraiu a ira das autoridades do país, de acordo com uma reportagem da BBC.

Seu crime: criar uma moeda própria para trocas com outros fazendeiros.  

O “kolion” foi batizado em homenagem a vila de Kolionovo, perto de Moscou, e tem notas de 0 a 100 impressas em papel colorido e com denominações que vão de 0 a 100.

5 kolions são o equivalente a um balde de batatas, sem risco de inflação – ao contrário do que ocorre com a moeda oficial do país, o rublo.

“Não há guerras, mortes ou crises conectadas a esse dinheiro. Ele é sobre trabalho honesto e ar e produção frescos”, disse ele para a TV Tsentr.

O governo russo discorda. Promotores locais e o Banco Central do país levaram a questão para os tribunais e podem até processar Mikhail criminalmente. 

“Um camponês não pode derrubar todo o sistema bancário”, disse ele ao site local Medusa.