Rússia quer importar mais de países sul-americanos

O interesse maior é aumentar a importação de frutas e vegetais, hoje fornecidos basicamente pelos países europeus

Brasília – O governo russo convocou para esta sexta-feira, 8, uma reunião com representantes diplomáticos de países sul-americanos, entre eles o Brasil, para tratar do aumento de exportações para o país, depois da decisão da Rússia de bloquear as importações de Estados Unidos e União Europeia.

O interesse maior é aumentar a importação de frutas e vegetais, hoje fornecidos basicamente pelos países europeus.

De acordo com o ministro conselheiro da embaixada brasileira em Moscou, Miguel Griesbach, o governo russo pretende apresentar as necessidades de importação e verificar a disponibilidade dos sul-americanos em suprir o mercado.

Ontem, uma missão do Ministério da Agricultura já acertou o aumento de exportação de laticínios.

O encontro determinou a liberação de certificados sanitários para as empresas brasileiras, que devem começar a abastecer o mercado russo em breve.