Recurso contra alteração na telefonia será votado em fevereiro

Na sexta-feira, um grupo de senadores encaminhou recurso à mesa do Senado contra o projeto, que até então dependia apenas de sanção do presidente

Rio de Janeiro – O recurso contra o projeto que muda a concessão da telefonia fixa para regime de autorização deve ser votado pelo plenário do Senado em fevereiro do próximo ano, afirmou nesta segunda-feira o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Na sexta-feira, um grupo de senadores encaminhou recurso à mesa do Senado contra o projeto, que até então dependia apenas de sanção do presidente Michel Temer.

“Esse recurso será votado evidentemente no início de fevereiro, mas não tenho nenhuma dúvida de que (o projeto) será aprovado”, disse Kassab a jornalistas.

“Cada parlamentar decide seu voto de acordo com a sua convicção, porém, a minha sensibilidade e o meu sentimento indicam que (o projeto) será aprovado no Senado”, acrescentou.