Queima de gás sobe 47,8% em maio ante maio de 2013, diz ANP

O aproveitamento do gás natural no mês foi de 94,4%

Rio – A queima de gás natural no País cresceu 47,8% em maio deste ano comparado a igual mês do ano passado. Foram 4,7 milhões de metros cúbicos por dia queimados, informou nesta segunda-feira, 07, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em relação a abril, o volume corresponde a uma alta de 1,9%. O aproveitamento do gás natural no mês foi de 94,4%.

Segundo a agência, o “principal motivo para o aumento da queima de gás natural foi o comissionamento da plataforma P-58, que iniciou operação no Parque das Baleias”.

De acordo com a ANP, em maio, 311 concessões, operadas por 24 empresas, responderam pela produção total de 2,721 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d). Desse total, 84 são concessões marítimas e 277, terrestres.

A produção de petróleo e gás natural no Brasil partiu de 9.075 poços, dos quais 797 marítimos e 8.278 terrestres. O campo com o maior número de poços produtores foi Canto do Amaro, na Bacia Potiguar, com 1.117 poços.

Marlim, localizado na bacia de Campos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores, 58 no total.

A agência informou ainda que a média do petróleo produzido foi de 24,5 graus API, considerado de qualidade mediana. Do volume total, 10% foram do tipo leve, de melhor qualidade, com 31 graus API e 31,5% de pior qualidade, do tipo pesado, com 22 graus API.