Queda de preços permanece em ritmo lento em SP, avalia Fipe

Em alimentação, os preços voltaram a perder força com variação de 0,57% ante 0,73%

São Paulo – O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, iniciou maio com redução no ritmo de alta ao atingir variação de 0,38%.

Na última apuração, a taxa fechou abril com alta de 0,46% ante 0,97% em março.

Esse resultado da primeira quadrissemana de maio reflete a queda mais acentuada no grupo transportes (de -0,11% para -0,35%); a estabilidade em habitação (de 0,09% para 0,00%) e o recuo na velocidade de correção de outros dois dos sete grupos pesquisados.

Em alimentação, os preços voltaram a perder força com variação de 0,57% ante 0,73%.E, no grupo vestuário, o índice atingiu 0,75% ante uma alta de 0,94%.

Nos demais grupos, houve avanços em relação ao fechamento de abril. Em despesas pessoais, o índice subiu de 0,48% para 0,62%; em saúde, passou de 2,32% para 2,46%, e, em educação, de 0,09% para 0,15%.