Produção industrial fecha janeiro em alta de 2%

Na série sem ajuste sazonal, na comparação com janeiro do ano passado, a produção industrial apontou redução de 5,2% em janeiro de 2015

Rio de Janeiro – A produção industrial brasileira cresceu 2% em janeiro deste ano na comparação com dezembro do ano passado. O avanço interrompeu a sequência de dois meses consecutivos de queda no resultado: -3,2% em dezembro e -1,1% em novembro de 2014, na série livre de influência sazonal.

Os dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) foram divulgados hoje (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, apesar da recuperação em janeiro, a taxa acumulada nos últimos doze meses (indicador anualizado) se mantém negativa (-3,5%), mantendo a trajetória de queda iniciada em março último (-2%) e assinalou o resultado negativo mais intenso desde janeiro de 2010 (-4,8%).

A queda acumulada de novembro a dezembro de 2014 ficou em 4,3% e ainda encontra-se 8,9% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013.

Na série sem ajuste sazonal, na comparação com janeiro do ano passado, a produção industrial apontou redução de 5,2% em janeiro de 2015, a 11ª taxa negativa consecutiva nesse tipo de comparação.