Produção de grãos da China cai em 2016 com menor cultivo de milho

Produção de milho no país caiu para 219,6 milhões de toneladas, ante 224,5 milhões um ano atrás

Pequim – A produção de grãos da China, maior produtor global de trigo e arroz, caiu 0,8 por cento para 616,2 milhões de toneladas em 2016, depois que produtores plantaram menos milho em resposta a uma mudança na política estatal para o setor, mostraram dados oficiais nesta quinta-feira.

A produção de milho caiu para 219,6 milhões de toneladas, ante 224,5 milhões um ano atrás, em linha com previsões, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas.

A queda do milho foi puxada por um declínio de 3,6 por cento na área, depois que a China encerrou seu esquema de estoques estatais, que pagavam preços mais altos.

A área semeada com soja subiu 10,7 por cento, mas o volume de milho produzido por hectare é quase três vezes maior que o de soja, portanto o maior plantio de soja não conseguiu compensar a queda na área dedicada ao cereal, destacou o escritório.

A produção de trigo recuou 1 por cento, para 128,9 milhões de toneladas.