Previdência é o principal foco do governo, diz Meirelles

A equipe econômica aposta que a mudança levará as despesas públicas a uma trajetória sustentável

Washington – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que “a urgência da reforma trabalhista é um fato, precisa ser feita”, pois vai colaborar no processo de expansão da economia.

“E quanto mais rápido o País crescer, a taxas melhores, mais importante.”

Segundo o ministro, o governo se empenhou para a aprovação da reforma trabalhista e “está a todo vapor” para que ela tenha o aval definitivo do Congresso logo.

Contudo, o ministro destacou que o principal foco do governo é a reforma da Previdência Social, por dois fatores: o primeiro relacionado à garantir que os benefícios serão pagos para quem se aposentar.

O outro elemento fundamental é que tal mudança estrutural, junto com o teto de gastos federais, levará as despesas públicas a uma trajetória sustentável e que será positiva para a perspectivas econômicas do País, inclusive com redução de prêmios de risco e de juros futuros.

“O clima sobre a reforma da Previdência Social está melhor, está um pouco mais calmo”, apontou o ministro, referindo-se a manifestações pacíficas e até alguns episódios de tumultos de rua.

Ele citou o caso de policiais que fizeram demonstração em frente ao Congresso e imensas passeatas que ocorreram em várias cidades pelo País há algumas semanas.

“A manifestação é parte da democracia, é positiva. A violência é condenável. Não pode haver destruição de patrimônio, inclusive púbico, o que é um absurdo.”