Prejuízo líquido da Eni diminui a 562 milhões de euros no 3º tri

A receita caiu 18% na mesma comparação, para 13,12 bilhões de euros no terceiro trimestre deste ano

Milão – O prejuízo líquido da Eni diminuiu para 562 milhões de euros (US$ 613 milhões) no terceiro trimestre, na comparação com um prejuízo de 783 milhões de euros em igual período do ano passado.

A receita caiu 18% na mesma comparação, para 13,12 bilhões de euros no terceiro trimestre deste ano. Por volta das 8h (de Brasília), a ação da empresa caía 2,18% na Bolsa de Milão.

A companhia italiana de petróleo e gás teve menos custos extraordinários em seus resultados mais recentes, mas continua a enfrentar o cenário de baixos preços do petróleo. O prejuízo líquido ajustado (o resultado recorrente) mais que triplicou no terceiro trimestre, para 484 milhões de euros.

A produção da Eni no terceiro trimestre seguiu em grande medida estável, mas a receita de sua unidade de exploração e produção teve recuo de 21% na mesma comparação anual.

A Eni confirmou estimativa anterior de manter a produção estável neste ano, na comparação com 2015. O início da operação em novos campos, em países como Egito, Angola e Venezuela, compensa problemas em outros campos. No quarto trimestre, a produção se beneficiará do recente início dos trabalhos no campo de Kashagan, no Casaquistão. A empresa produziu 1,71 milhão de barris de petróleo equivalente ao dia no terceiro trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.