Preços ao produtor na China sobem ao nível mais alto em 5 anos

Alta de 3,3% do mês anterior veio acima do esperado pelos analistas, que projetavam uma alta de 2,2% na comparação anual

Pequim – Os preços ao produtor na China avançaram no ritmo mais rápido em mais de cinco anos em novembro, uma vez que os preços de carvão, aço e outros materiais de construção subiram, impulsionando os lucros industriais e dando às empresas mais dinheiro para quitar suas dívidas.

A alta de 3,3 por cento dos preços ao produtor ante o ano anterior, acima da esperada, junto com dados favoráveis da indústria da China, dos Estados Unidos e da Europa dão força à visão de que a economia global pode estar retomando a força graças à aceleração na atividade industrial.

“Isso (o resultado dos preços ao produtor) confirma nossa visão de que a China saiu de uma armadilha deflacionária de vários anos”, disse o ANZ em nota.

Enquanto algumas indústrias pesadas como mineração de carvão, siderúrgica e processadores de metais apresentaram a maior recuperação, dados oficiais desta sexta-feira mostraram que a retomada dos preços também está se tornando mais generalizada, com mais setores saindo da deflação.

A inflação ao consumidor também acelerou mais do que o esperado, para 2,3 por cento em relação ao ano anterior, nível mais alto desde abril, devido aos preços mais altos dos alimentos.