Preço sobe em 13 das 23 atividades pesquisadas no IPP

As quatro maiores variações de preços em novembro foram de impressão (6,21%), bebidas (2,20%) e calçados e artigos de couro

Rio de Janeiro – O Índice de Preços ao Produtor (IPP) registrou variações positivas de preços em 13 das 23 atividades pesquisadas, em novembro ante outubro, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em outubro, desse total, 17 atividades tinham registrado aumento de preços, ante setembro.

As quatro maiores variações de preços em novembro foram de impressão (6,21%), bebidas (2,20%) e calçados e artigos de couro (1,48%). Entre os maiores impactos ficaram as atividades de alimentos (-0,08 ponto porcentual), papel e celulose (-0,07 ponto porcentual), metalurgia (-0,07 ponto porcentual) e refino de petróleo e produtos de álcool (0,06 ponto porcentual).

Conforme divulgado mais cedo pelo IBGE, o IPP ficou estável (0,00%) em novembro, de uma taxa revisada de 0,76% em outubro. A leitura original de outubro havia sido de alta de 0,85%. No acumulado de janeiro a novembro de 2011, o IPP acumula alta de 2,76%, enquanto nos últimos 12 meses, a variação do indicador é positiva em 3,20%, até novembro.