PIB do agronegócio deve crescer entre 2,5% e 3% em 2016

Segundo a CNA, indicador apresenta um resultado expressivo tendo em vista a recessão econômica que o país enfrenta desde 2015

Brasília – O PIB (Produto Interno Bruto) do agronegócio brasileiro deverá crescer entre 2,5 e 3 por cento em 2016, depois de um início de ano turbulento, estimou nesta terça-feira a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Segundo a entidade, esse indicador, que mede a geração de riquezas em todas as cadeias do setor agropecuário, desde a produção de insumos até as indústrias de alimentos, passando pela produção nas fazendas, apresenta um resultado expressivo tendo em vista a recessão econômica que o país enfrenta desde 2015.