São Paulo – Os brasileiros estão ficando mais pobres que seus pares emergentes.

Segundo dados do FMI, a renda per capita do brasileiro (em paridade do poder de compra), diminuiu – passou de US$ 16,2 mil em 2014 para US$ 15,7 mil em 2015.

Isso fica 10% abaixo da média dos outros emergentes, como China, Índia, Indonésia e Peru.

Desde 2000, quando a renda média no Brasil saltou de US$ 9,14 mil para US$ 16,15 mil (2014), a média tinha caído apenas uma vez, em 2009, logo após a grave crise financeira de 2008.

A queda de 2015 é a primeira desde 2009.

Em 2016, a renda per capita média deve cair ainda mais, ficando em US$ 15,58 mil. Em 2017, entretanto, o país deverá retomar o crescimento.

Em 2020, segundo o FMI, a renda per capita no Brasil chegará a US$ 18 mil. Ainda assim, será bem abaixo da média dos outros países, de US$ 21,6 mil. 

Tópicos: Crise, Economia brasileira, FMI, Renda per capita