Competitividade

São Paulo - América do norte, Europa e economias avançadas na Ásia e na região do Pacífico concentram as cidades que serão mais competitivas em 2025, segundo o relatório Hot Spots 2025, elaborado pela Economist Intelligence Unit à pedido do Citi.

Apesar do crescimento rápido na África e na América Latina, há um vasto intervalo de competitividade entre as cidades da região com melhor performance, como São Paulo e Johannesburgo e as do mundo desenvolvido.

As cidades que serão as mais competitivas em 2025 tem três pontos em comum: nível de renda elevado, crescimento populacional favorável e acesso a portos de qualidade, segundo o estudo. Competitividade é um conceito holístico, segundo o estudo. A Economist Intelligence Unit define a competitividade de uma cidade como sua habilidade de atrair capital, negócios, talentos e visitantes.

O índice mede a competitividade em 120 cidades hoje e em 2025. São examinados 32 indicadores para cada cidade, agrupados em oito categorias, com pesos diferentes. São elas: força da economia (30%); capital físico e maturidade financeira (10% cada); caráter institucional e capital humano (15% cada); apelo global (10%); caráter social e cultural (5%) e meio-ambiente e riscos naturais (5%). 

Veja nas fotos as 10 cidades que serão as mais competitivas em 2025.

Tópicos: Competitividade, Desenvolvimento econômico, Crescimento, Desenvolvimento