Facilitando a vida

São Paulo - Singapura conquistou pelo oitavo ano consecutivo o título de lugar onde é mais fácil fazer negócios entre os 189 países do mundo.

O relatório Doing Business 2014, realizado pelo Banco Mundialleva em conta 10 indicadores: abertura de empresas, licenças para construção, obtenção de eletricidade, registro de propriedades, obtenção de crédito, proteção de investidores, pagamento de impostos, comércio internacional, execução de contratos e resolução de insolvências. 

Entre os 30 melhores colocados, aparecem não só potências como Estados Unidos, Japão e Alemanha, mas também pequenas nações como Ilhas Maurício, Geórgia e Lituânia. 

O Brasil aparece apenas na 116ª posição, atrás de vários vizinhos latino americanos, como Chile, Peru e Colômbia. O pior indicador brasileiro foi o de pagamento de impostos. E não é por menos: por aqui, gasta-se 2.600 horas por ano com o pagamento de impostos - em Singapura, são apenas 82 horas. 

Veja a seguir os indicadores dos 30 países onde é mais fácil fazer negócios - e o Brasil lá atrás, em 116º.

Tópicos: Banco Mundial, Competitividade, Rankings, Listas