São Paulo - O Banco Mundial anunciou nesta segunda-feira a nomeação do ex-ministro da Fazenda brasileiro Joaquim Levy para o cargo de diretor financeiro da instituição.

"O compromisso incansável de Joaquim com reformas --guiado para o desenvolvimento sustentável e inclusivo-- é um ativo significativo ao Banco Mundial, conforme nós revisamos nossas finanças e nos adaptamos a um ambiente de mudanças rápidas", disse o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, em nota à imprensa.

Levy, que também já atuou em diversos departamentos no Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Central Europeu e Banco Interamericano de Desenvolvimento, inicia sua nova função no Banco Mundial em 1º de fevereiro.

Além de Levy, o Banco Mundial anunciou ainda a nomeação de Shaolin Yang para o cargo de diretor administrativo, uma nova posição no Banco Mundial, criada para unir as funções de estratégias organizacionais, orçamento e planejamento, entre outras responsabilidades.

Yang é atualmente diretor geral do Departamento de Cooperação Econômica e Financeira Internacional do Ministério das Finanças da China. Ele inicia suas atividades no Banco Mundial em 29 de fevereiro.

Tópicos: Banco Mundial, Joaquim Levy