São Paulo - O Banco Itaú venceu em setembro o ranking Top 5 do Banco Central para o IPCA de médio prazo, divulgou hoje o Departamento de Relacionamento com Investidores e Estudos Especiais (Gerin), do Banco Central. O ranking de médio prazo, segundo o BC, considera a precisão média das projeções de três períodos consecutivos de quatro meses em relação aos resultados efetivos de três meses - o mês de referência e os dois meses que o antecedem.

O desvio médio entre a projeção do Itaú e a taxa efetiva de variação dos preços ao consumidor no âmbito do IPCA (0,53% em setembro) foi de 0,05 ponto porcentual. A segunda colocação foi ocupada pelo Banco Fibra e o terceiro lugar, pela BB DTVM. A quarta posição no ranking ficou com a Tendências Consultoria Integrada. Em quinto lugar ficou o Banco JBS.

Para o IGP-DI de médio prazo, a instituição líder do Ranking Top 5 foi a HSBC Asset Management, com um desvio médio de 0,18 ponto porcentual. A Rosenberg & Associados aparece em segundo lugar, seguida pelo Banco Itaú Asset Management, HSBC Bank Brasil e Telefônica.

A Link CCTVM foi a instituição que liderou o ranking Top 5 do Banco Central para IGP-M de médio prazo em setembro. O Banco Itaú assumiu a segunda colocação, seguido por Banco JP Morgan, Safra Asset Management e HSBC Asset Management.

Tópicos: Banco Central, Mercado financeiro, Bancos, Finanças, Itaú, Empresas, Empresas brasileiras, Itaú Unibanco, Itaúsa, Empresas abertas, Rankings, Listas