Washington - As novas encomendas de bens duráveis dos Estados Unidos excluindo os equipamentos de transporte diminuíram em setembro, em um possível sinal de que as empresas estão freando os investimentos devido à incerteza com os gastos do governo.

Um aumento nas voláteis encomendas de aeronaves foi o principal fator que alavancou as encomendas de bens duráveis em geral para alta maior que o esperado de 3,7 por cento durante o mês, mostraram dados do Departamento do Comércio nesta sexta-feira.

Os bens duráveis incluem desde torradeiras até tanques, e excluindo os equipamentos de transporte, as novas encomendas caíram 0,1 por cento em setembro.

Tópicos: Carros, Autoindústria, Veículos, Eletrodomésticos, Estados Unidos, Países ricos, Vendas