Berlim - O desemprego na Alemanha subiu em outubro inesperadamente para o maior nível desde junho de 2011, segundo dados ajustados sazonalmente, mas a taxa de desemprego permaneceu perto do menor patamar desde a reunificação, informou o Escritório do Trabalho nesta quarta-feira.

O número de pessoas sem trabalho aumentou em 2 mil, para 2,973 milhões, mostraram os dados, ante expectativa em pesquisa da Reuters de leitura inalterada.

A taxa de desemprego permaneceu em 6,9 por cento.

Tópicos: Alemanha, Europa, Países ricos, Crise, Desemprego