São Paulo - Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) mostra que os empresários do setor estão mais otimista e esperam aumento de vendas neste mês de novembro. 

Ao serem consultados para classificar se o período será bom, 76% responderam acreditar nisso. Em outubro, 68% que tinham essa expectativa.

“Os estímulos do governo federal por meio dos programas de melhoria de renda das famílias, associados à baixa taxa de desemprego e à disponibilidade de credito em condições favoráveis para reformas e ampliações têm mantido uma demanda favorável para materiais de construção. Esperamos que os projetos de infraestrutura deslanchem neste final de ano para podermos ter o último trimestre do ano mais aquecido”, informa em nota o presidente da Abramat, Walter Cover.

Após se reunir na quarta-feira (30) com o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, em Brasília, o executivo admitiu que há possibilidade de o setor fechar o ano com crescimento de 2,5% nas vendas.

Para 2014, ele acredita em um avanço mais significativo entre 4% e 5%.

A sondagem da Abramat mostra ainda que 71% das empresas pretendem investir nos próximos 12 meses – 4 pontos percentuais a mais do que o apresentado em setembro (67%) e igual ao mesmo período de 2012.

Quanto ao nível atual de Utilização da Capacidade Instalada foi detectada a mesma taxa do mês anterior: 83%.

Tópicos: Construção civil e intermediação, Indústria da construção, Setores, Indústrias em geral, Indústria