São Paulo - A confiança dos empresários industriais paulistas voltou a cair em fevereiro e se aprofundou no terreno do pessimismo, segundo a pesquisa Sensor da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O indicador geral recuou de 45,1 pontos em janeiro para 43,4 pontos em fevereiro, na série com ajuste sazonal.

Dos cinco itens que compõem o Sensor, três caíram e dois avançaram, de acordo com a classificação da Fiesp.

A alta mais expressiva se deu na percepção sobre os estoques, que passou de 40,4 para 43,1 pontos, indicando ter havido diminuição da percepção de estoques excessivos. O componente de emprego também cresceu, de 42,2 para 42,9 pontos no período.

Por outro lado, o indicador Mercado caiu de 50,9 para 42,5 pontos, deixando o território positivo. Em Investimento, o recuo foi de 43,8 para 41,9 pontos. O indicativo de Vendas também teve retração, de 53,6 para 49,9, passando ligeiramente ao campo negativo.

Tópicos: Crise econômica, Fiesp