São Paulo - A alta de 0,5 ponto percentual na Selic levou o Brasil de volta à primeira posição no ranking mundial de juros reais. O levantamento, que é feito todo mês pelo site MoneYou, aponta que, com a nova taxa de juros em 9,5% ao ano, a taxa brasileira de juro real (taxa básica descontada a inflação dos últimos 12 meses) passou de 2,6% para 3,4%.

O Brasil não ficava na primeira posição desde março de 2012. A escalada de volta ao topo começou em maio deste ano, quando o Copom elevou a Selic para 7,5% ao ano e o país pulou do sexto para o quarto lugar no ranking. Em agosto, o Brasil ficou na 3ª posição. 

A média mundial entre os 40 países pesquisados foi negativa em 0,3%, contra -0,6% no levantamento anterior.

Depois do Brasil, a maior taxa de juro real é a da China (3,3%), seguida por Chile (2,9%) e Hungria (2,3%). Na outra ponta, com as menores taxas, estão Venezuela (-20,5%), precedida por Hong Kong (-3,8%), Turquia (-3,1%) e Holanda (-2,2%).

Veja a tabela com os juros reais de 40 países:

  País Taxa Real
1 Brasil 3,40%
2 China 3,30%
3 Chile 2,90%
4 Hungria 2,30%
5 Grécia 1,80%
6 Coréia do Sul 1,70%
7 Polônia 1,40%
8 República Tcheca 1,40%
9 Argentina 1,30%
10 Índia 1,30%
11 Malásia 1,10%
12 Tailândia 1,10%
13 Taiwan 1%
14 Colômbia 1%
15 Suécia 0,90%
16 Filipinas 0,80%
17 Portugal 0,30%
18 México 0,30%
19 Espanha 0,20%
20 Suíça 0,10%
21 Austrália 0,10%
22 Áustria 0,10%
23 Canadá -0,10%
24 Dinamarca -0,20%
25 Israel -0,30%
26 Bélgica -0,40%
27 França -0,40%
28 Itália -0,40%
29 Rússia -0,60%
30 Japão -0,90%
31 Alemanha -0,90%
32 Indonésia -1,10%
33 Estados Unidos -1,20%
34 África do Sul -1,30%
35 Cingapura -1,90%
36 Reino Unido -2,10%
37 Holanda -2,20%
38 Turquia -3,10%
39 Hong Kong -3,80%
40 Venezuela -20,50%
  Média Geral -0,30%

Tópicos: Banco Central, Mercado financeiro, Juros, Copom, Rankings, Listas, Selic, Estatísticas, Indicadores