Crescendo e aparecendo

São Paulo - "As megacidades chinesas menos conhecidas como Chengdu, Hangzhou e Wuhan serão tão proeminentes em 2030, em termos econômicos, quanto Dallas e Seul são hoje".

A previsão é da Oxford Economics, ligada à Universidade de Oxford, que lançou recentemente uma análise de 750 cidades que reúnem 35% da população, 30% dos empregos e 61% do PIB mundial.

No 13º lugar, São Paulo é a única representante brasileira no ranking das cidades mundiais que terão maior crescimento absoluto do PIB (Produto Interno Bruno) até 2030.

A estimativa é que o tamanho da economia da maior cidade brasileira passe de US$ 418 bilhões em 2013 para US$ 753 bilhões em 2030, uma alta de US$ 335 bilhões, maior que a de lugares como Moscou, São Francisco e Paris.

Nova York é a cidade mundial com maior expectativa de crescimento absoluto, seguida por Xangai, Tianjing e Beijing.

Veja o top 15 a seguir com os números absolutos de expectativa de crescimento do PIB até 2030, da renda disponível e do gasto do consumidor:

Tópicos: Ásia, China, Cidades, Desenvolvimento econômico, Crescimento, Nova York, Metrópoles globais, PIB, Indicadores, Rankings, Listas, São Paulo, Cidades brasileiras