São Paulo - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou alta de 0,55 por cento em outubro, pressionado pelos preços de Alimentação, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Na terceira quadrissemana de outubro, o indicador havia registrado alta de 0,49 por cento, tendo encerrado setembro com avanço de 0,30 por cento. O IPC-S acumula agora alta de 4,20 por cento no ano e de 5,36 por cento nos últimos 12 meses.

Na comparação com a terceira quadrissemana do mês, o destaque ficou para o grupo Alimentação, cuja alta acelerou para 0,93 por cento ante 0,79 por cento na leitura anterior.

Nesta classe de despesa, a FGV destacou o comportamento do item hortaliças e legumes, cuja taxa passou de uma queda de 4,34 por cento para uma alta de 0,91 por cento.

A inflação no Brasil segue em níveis elevados, o que levou o Banco Central a subir os juros básicos nos últimos meses, com perspectiva de nova elevação na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) deste mês.

Tópicos: Alimentação, Trigo, FGV, Empresas, IPC, Inflação, Estatísticas, Indicadores, Preços