Momento é favorável para negociar com Mercosul, diz Espanha

Para o ministro da Economia do país, o cenário é mais favorável do que no passado para avançar no acordo da UE com o bloco sul americano

Bruxelas – O ministro de Economia da Espanha, Luis De Guindos, afirmou nesta terça-feira que o atual momento é favorável para promover as negociações de um acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul.

“Para nós, essa é a prioridade do ano”, disse De Guindos em entrevista coletiva após uma reunião dos ministros de Economia e Finanças da União Europeia.

Para De Guindos, o cenário é mais favorável do que no passado para avançar tanto no acordo com o Mercosul como modernizar um pacto já existente com o México. O ministro afirmou que a Espanha e Portugal têm importantes papéis a desempenhar nessas negociações.

Na reunião com os demais ministros da UE, De Guindos disse ter abordado a necessidade de avançar nos dois acordos com o ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, que, segundo o espanhol, está “completamente de acordo” com a proposta.

As conversas sobre o amplo acordo de associação entre União Europeia e Mercosul, que inclui um tratado de livre-comércio, foram iniciadas em 1999, mas, após uma infrutífera troca de ofertas de acesso a mercados em 2010, ficaram paradas até 2010.

Os dois blocos realizaram em março do ano passado a última rodada de negociações do acordo. O Comitê de Negociações Regionais está reunido em Buenos Aires até sexta-feira.