Dólar R$ 3,28 0,59%
Euro R$ 3,66 -0,15%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 0,90% 62.226 pts
Pontos 62.226
Variação 0,90%
Maior Alta 4,37% CMIG4
Maior Baixa -8,36% JBSS3
Última atualização 23/05/2017 - 11:09 FONTE

Minério e aço recuam na China por fraca demanda e altos estoques

Recuando pela terceira sessão consecutiva, o minério de ferro na bolsa de Dalian fechou a 539 iuanes (77,53 dólares) por tonelada

Pequim – Os preços do minério de ferro e do vergalhão de aço na China recuaram nesta quarta-feira, com o produto siderúrgico tocando uma mínima de seis semanas, em meio a preocupações com uma fraca demanda e estoques elevados.

Recuando pela terceira sessão consecutiva, o minério de ferro na bolsa de Dalian fechou a 539 iuanes (77,53 dólares) por tonelada, queda de 2 por cento.

Já o minério de ferro no mercado à vista recuou 2,05 por cento no porto de Qingdao, sendo negociado a 77,25 dólares por tonelada.

Os estoques domésticos de minério permanecem em uma máxima de dois anos e meio, tendo subido em 90 mil toneladas na semana passada para quase 11 milhões de toneladas.

“O recuo dos preços resulta do grande volume de estoques, ao mesmo tempo que o mercado de distribuição não está ativo”, disse o analista de aço da China Sublime Information Group, Liu Xinwei, destacando uma desaceleração na atividade de construção civil durante os meses de inverno na China.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai caiu 0,75 por cento para 2.914 iuanes por tonelada. Mais cedo na sessão, tocou 2.827 iuanes, menor patamar desde 22 de novembro.

Nesta quarta-feira, 2,7 milhões de lotes de aço foram negociados, menor volume desde meados de dezembro de 2015 e apenas 1,01 milhão de contratos de minério de ferro foram negociados, o menor número desde junho de 2015.

Analistas dizem que os negócios estão lentos desde do feriado de Ano Novo e antes do recesso do Ano Novo Lunar na China, que ocorre no fim de janeiro.