Mercado piora projeção para o déficit primário em 2017

Projeção para 2017 de déficit de R$ 149,6 bilhões piorou em relação aos R$ 148,358 bilhões do levantamento anterior

Brasília – A expectativa para o resultado das contas públicas em 2017 piorou na visão de analistas do mercado, que passaram, por outro lado, a ver desempenho ligeiramente melhor para 2018, segundo relatório Prisma Fiscal divulgado pelo Ministério da Fazenda nesta quinta-feira.

A projeção para 2017 pela mediana das expectativas com base em fevereiro passou a ser de déficit primário de 149,589 bilhões de reais para o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência Social), pior que os 148,358 bilhões de reais do levantamento anterior.

Com isso, o número passa a extrapolar em mais de 10 bilhões de reais o rombo de 139 bilhões de reais para o ano estabelecido como meta pelo governo.

Para 2018, o saldo negativo calculado diminuiu a 125 bilhões de reais, contra 125,929 bilhões de reais antes, mas ainda muito superior à estimativa do governo de déficit primário de 79 bilhões de reais.

Em relação à dívida bruta, mostrou o Prisma, houve melhora tanto para 2017 quanto para 2018. Para este ano, a taxa caiu a 76,20 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante 76,80 por cento no último relatório. Para o ano que vem, passou a 79,62 por cento, contra 80,40 por cento antes.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s