Meirelles dá 30 dias para redução nos juros do cartão

Ministro da Fazenda disse que o governo vai dar uma chance aos bancos de fazerem "redução voluntária" dos juros

Brasília – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deu nesta quarta-feira, 21, prazo de 30 dias para bancos e administradoras de cartão de crédito reduzirem os juros cobrados dos consumidores.

Caso contrário, o Conselho Monetário Nacional (CMN) vai aprovar resolução na próxima reunião, em janeiro, reduzindo o prazo para as administradoras repassarem o valor da venda para os lojistas.

Esse prazo atualmente é de 30 dias e o governo trava nos bastidores uma queda de braço com os bancos para conseguir queda maior das taxas. No crédito rotativo do cartão, a taxa média de outubro estava em 355,4% por ano.

Empresas de cartões chegaram a indicar que poderiam elevar juros e tarifas caso fiquem menos tempo em posse do dinheiro das transações.

Meirelles disse que o governo vai dar uma chance aos bancos de fazerem “redução voluntária” dos juros. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.