Maia: Reforma tributária não avança sem compensação dos estados

Maia disse também acreditar que a reforma da Previdência, já em tramitação, será aprovada pela Câmara até o final de março

Brasília- O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira que não vê como uma reforma tributária avançar no Congresso enquanto o governo federal não tiver condições financeiras para compensar eventuais perdas dos Estados.

Depois de uma rápida cerimônia de posse de novos deputados, Maia disse também acreditar que a reforma da Previdência, já em tramitação, será aprovada pela Câmara até o final de março e pelo Senado até o final de junho.