Inflação na zona do euro atinge maior nível desde 2014

Inflação da zona do euro subiu 0,4% em setembro em relação ao mesmo mês do ano passado, maior alta desde outubro de 2014

Londres – O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,4% em setembro ante igual mês do ano passado, ganhando força em relação à alta anual de 0,2% verificada em agosto, segundo números preliminares divulgados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat.

A prévia de setembro veio em linha com a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Apesar do avanço do CPI em setembro, o maior desde outubro de 2014, a inflação no bloco europeu permanece muito aquém da meta do Banco Central Europeu (BCE), que é de taxa ligeiramente inferior a 2,0%.

Nos últimos dois anos, o BCE vem lançando uma ampla série de medidas de estímulo na tentativa de impulsionar a inflação e reavivar a economia da região.

O núcleo do CPI da zona do euro, que exclui os preços de energia, alimentos e álcool, teve acréscimo anual de 0,8% na prévia de setembro, repetindo a variação de agosto.

Fonte: Dow Jones Newswires.