Inflação na Colômbia acelera para 0,25% em abril

Inflação acelerou devido à alta dos preços dos alimentos, da saúde e moradia

A inflação na Colômbia acelerou 0,25 por cento em abril devido à alta dos preços dos alimentos, da saúde e moradia, informou neste sábado o governo do país em um aumento superior ao esperado pelo mercado.

De acordo com a mediana de uma recente pesquisa da Reuters, era esperado uma inflação de 0,17 por cento em abril. Em igual mês do ano passado o indicador havia ficado em 0,14 por cento.

Os preços dos alimentos subiram em abril 0,55 por cento, os da saúde, 0,44 por cento e os preços relacionados a moradia, 0,28 por cento, informou o Departamento Nacional de Estatística (Dane) do país.

Os preços dos alimentos contribuíram com quase 30 por cento da inflação total. Enquanto os custos da educação permaneceram estáveis, os das comunicações e vestuário baixaram 0,01 por cento, os dos transportes caíram 0,05 por cento e os preços relacionados a diversão recuaram 0,11 por cento.

Os preços ao consumidor acumularam alta de 1,21 por cento entre janeiro e abril, em comparação a 1,62 por cento registrado em igual período do ano passado.

No acumulado em 12 meses, a inflação na Colômbia alcança 2,02 por cento, frente a alta de 3,43 por cento apurado em igual período do ano passado. Para 2013, a meta de inflação fixada pelo Banco Central do país é entre 2 e 4 por cento.