Indústria opera com produção 8,9% inferior ao pico, diz IBGE

Além disso, a queda de 5,2% na produção em janeiro deste ano ante janeiro de 2014 foi o 11º resultado negativo consecutivo

Rio – Apesar do avanço da produção industrial de 2,0% em janeiro ante dezembro, a atividade da indústria ainda opera 8,9% abaixo do seu pico de produção, registrado em junho de 2013, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além disso, a queda de 5,2% na produção em janeiro deste ano ante janeiro de 2014 foi o 11º resultado negativo consecutivo nesse tipo de comparação.

O IBGE revisou o dado da produção industrial de dezembro ante novembro, de uma queda de 2,8% anteriormente para uma queda maior, de 3,2% agora.

O dado de julho ante junho também foi revisto, de 0,5% para 0,6%. Com a revisão, o resultado do fechamento de 2014 passou de um recuo de 3,2% para uma queda de 3,3%.

O resultado da produção de bens de capital em dezembro ante novembro também passou por revisão, de uma queda de 23,0% para recuo de 11,5%; o de bens intermediários saiu de um recuo de 0,8% para também recuo, de 0,6%; o de bens de consumo duráveis passou de uma variação negativa de 2,2% para queda de 2,1%; e o de bens de consumo semi e não duráveis saiu de uma taxa negativa de 1,7% para recuo de 1,4% no período.